facebook

Como reduzir o lixo orgânico em casa

A primeira coisa em qual muitas pessoas pensam sobre o que fazer com lixo orgânico é compostar. Mas sabia que isso pode ser a última solução?

 

Se a gente quer reduzir a quantidade de lixo gerado, temos que voltar à nossa fórmula de Lixo Zero: Os 5 R’s. E nesse guia, compostar vem como a última solução, mas a gente volta para compostagem mais tarde! Vamos ver o que podemos fazer antes de jogar as cascas de bananas fora seguindo a fórmula.

 
 

1. Recusar

Você deve estar pensando uma dessas duas opções:

1. Aha! Finalmente vou seguir essa dieta minha! É bom para o planeta também!

2. Nem pensar! Eu amo comida, é a minha razão de viver!

Para quem pensou 2 e quase teve um ataque cardíaco, tranquilo, não é bem isso que a gente quis dizer. Segue umas coisas que você pode fazer sem desistir de comida.

No supermercado

Em vez de ir para o supermercado e ver o que tem (e ser influenciada pelo marketing para te incentivar a comprar um monte de comida), você pode começar a planejar a sua semana antes de ir para o supermercado para só levar o que precisa.

Assim você recusa toda a outra comida que você não precisa, mas que está chamando a sua atenção.

Já aconteceu muito comigo que comprava algo que parecia ser legal e acabaca levando um montão de comida. Mas assim que chegava em casa, percebia que não tinha todos os ingredientes para montar nem uma receita decente.

Isso gerava frustração porque eu tinha que correr rapidinho para o supermercado para comprar ainda mais coisas, e outras comidas ficavam na geladeira até murchar.

Recuse também comprar comida em pacotes. Se a receita fala que precisa de 2 cenouras, porquê comprar um pacote de 10? Sai mais caro, ocupa mais espaço na bolsa e na geladeira e vai murchar mesmo.

Não siga o meu exemplo. Seja mais experta e planeja antes.

Dica Sustentável

Hoje uso aplicativos que me ajudam a planejar a minha semana de comida.
 
Os benefícios:
1. Poupo tempo no supermercado ou na feira porque já sei exatamente o que vou levar.
2. Evito estresse durante a semana de não saber o que cozinhar todo dia. Muitos desses aplicativos até vêm com receitas prontas já.

2. Reduzir

Às vezes não tem como e preciso comprar algo em uma quantidade maior.
 
Penso por exemplo em ervas como alecrim, cebolinha, manjericão, coentro, …
 
Indo para a feira, já consigo evitar aquelas bolsinhas de plástico, mas ainda não dá para comprar só 5 a 10 folhas como muitas receitas requerem. Imagina: ‘5 folhas de tomilho por favor‘. Não dá. Aí as ervas estragam infelizmente. Mas o que fazer?
 
Tenho 3 truques que uso para reduzir a quantidade de ervas que jogo fora.
 
  1. Compro as plantinhas em casa e utilizo só o que eu preciso! Zero lixo e plantinhas lindas e cheirosas em casa. E esses cheiros de ervas geralmente acalmam a mente também. É ótimo para uma casa biofílica e relaxante.

     

  2. Para alecrim e tomilho: essas ervas deixo na geladeira. Uso o máximo possível enquanto está fresco, mas se deixar por mais tempo na geladeira, elas começam a secar. Assim é que nem ter ervas secas. É ótimo para reabastecer o pote de ervas secas que são super caras no supermercado.

     

  3. Para coentro, cebolinha, salsinha, menta, gengibre, …: assim que chegar em casa depois da feira, já começo a cortar em pedacinhos menores, coloco em um pote e congelo. As ervas desta forma podem durar até meses e ficam fresquinhos. E como são folhinhas finas, elas descongelam rápidos e consigo colocar diretamente na comida quentinha. Sem trabalho de ficar cortando na hora e sempre tenho qualquer erva em casa. É perfeito!

Esses truques são ótimos.

Economizo dinheiro e me sinto super esperta toda vez que pego as minhas ervas da geladeira. Especialmente quando as minhas visitas falam: ‘Nossa, Elise, que esperta!’ 😀 Prometo que isso vai acontecer contigo também.

Ainda sobrou mesmo depois de planejar?

Se você planejou a sua comida, mas mesmo assim tem umas coisinhas sobrando, jogue os ingredientes que sobraram no Google, Tasty ou outros aplicativos de comida para inspiração. Sempre tem alguém que já inventou uma receita fantástica e acho legal descobrir novas receitas assim.
 
Caso tiver limões que estão ficando velhas, você pode expremer o suco e congelar em cubinhos. Assim se quiser uma água com gelo e limão, já tem 2 em 1 😉 Ou use para tirar limo das torneiras. E bananas marrons são perfeitas para uma vitamina ou panqueca gluten-free, porque são super doces e saborosas.

HORTIFRUTI ENGRAÇADO

Outra coisa que pode fazer para reduzir a quantidade de lixo orgânico jogado fora, é comprar frutas ou legumes que são diferentes ou engraçados de forma. Geralmente toda essa comida é jogada fora pelo supermercado ou feira e são perfeitamente comestíveis, cheio de nutrientes. Realmente é um desperdício desnecessário.
 
E para aumentar a vida útil de um pedaço de fruta, de legumes, de queijo ou de pão (ou qualquer outra coisa que precisa ser conservado, uma bioembalagem de cera vai fazer um trabalho MUITO melhor do que um papel de pão ou filme plástico. Já fiz o teste em casa com um pedacinho de pão e a bioembalagem claramente ganhou. Ele ficou mais molhinho e flexível, enquanto na sacola de papel de pão, o pão estava muito ressecado.
O Pano de Cera (Bioembalagem de cera) da FAVO na PECOH Lixo Zero
A bioembalagem de cera que já salvou um monte de hortifruti meu. Super prático e bem melhor do que filme plástico descartável

3. Reutilizar/ Reaproveitar

Na terceira posição dos 5 R’s de lixo zero, vem reutilizar, o que é relativamente difícil para frutas que você come, então chamo de reaproveitar.

Legumes

Por exemplo cascas de legumes (incl. cebolas, alho, o tronco de brócolis, as folhas de alho poró, …) não jogo fora na composteira direto.
 
Eu congelo as cascas primeiro até ter o suficiente para fazer um caldo de legumes.
 
 

Dica Sustentável

Quanto tiver legumes o suficiente, é só jogar em uma panela de pressão, cobrir com água, jogar sal, pimenta, ervas se quiser e cozinhar.
O resultado é um caldo saboroso fresquinho, com a quantidade de sal que você quer, para usar em risotos, sopas, molhos, arroz, ... O que você quiser.

FRUTAS

As cascas de muitas frutas congelo também. Especialmente as frutas cítricas que as minhocas na composteira não gostam muito.

Aí eu uso:

  1. Para colocar em um drink ou para aromatizar água (junto com ervas se quiser. Por exemplo menta),

  2. Para fazer um multiuso natural com vinagre e cascas de limão ou laranja,

  3. Eu não faço muito doces, mas tenho amigas que usam a casca também para fazer um doce de maracujá ou bolo de laranja.
Se tiver sementes de frutas ou legumes, você pode plantá-los também. Já consegui fazer isso com uvas, tomates, pimenta, carambola e laranja. É bem legal!

Àgua de batatas

Sei que água não é bem comida, mas é algo que joga fora para fazer comida.

A água usada para ferver batatas, arroz e massa, eu jogo nas plantinhas em casa. Enquanto você não usou muito sal (azeite é melhor) e não joga quente (meio óbvio), a água vai estar cheia de amidos, algo que ajuda as suas plantas a crescerem.

Café Moído

Também reutilizo café moído. Tenho um pote dedicado na cozinha onde jogamos o café moído. Daí quando tomo um banho, uso o café moído como esfoliante no banheiro.

ESCOVA DE BAMBU

Não é bem lixo de cozinha, mas é compostável e reutilizo na cozinha: é a escova de dente de bambu. Em vez de jogar na composteira, eu uso para marcar as minhas plantas. Claro que você vai tirar as cerdas primeiro. Esses vão junto com o lixo plástico se usar essa escova de bambu aqui.

4. Compostar

E só agora chegamos na nossa composteira! Depois de tirar todo que conseguimos e aproveitar a nossa comida o máximo possível, a gente joga na composteira.
 
E para aproveitar o máximo da composteira, aproveitamos o chorume diluido para regar as plantas, já que está cheio de nutrientes.
 
Manter uma composteira pode dar um pouco de trabalho, mas é muito legal quando você tem terra fresquinha para usar nas suas plantas ou até quando brotam plantinhas espontaneamente.
 
É importante jogar o menos possível no lixo comum, porque o lixo orgânico não se decompôe tão rápido nos aterros sanitários e cheira muito mal. O maior problema disso é que o lixo orgânico não recebe oxigênio para se decompor e vai começar a criar metano, um gas efeito de estufa que é 25 vezes mais potente do que CO2.
Não é incrível tudo que pode fazer para evitar, reduzir e reutilizar o lixo orgânico em casa? Nos avise se tiver dúvidas sobre um tipo de lixo orgânico em específico. A gente te ajuda a repensar! 🙂
 
Quer saber como reduzir o lixo das embalagens de comida? Escrevemos um artigo inteiro aqui.
 
Abraços!!
Carrinho de compras
Junta-se à lista de espera Deixe o seu email aqui e te avisaremos quando voltar no estoque.
Abrir Chat
Precisando de ajuda?
Oi! 👋
Como podemos te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: