facebook

Economia circular: entenda o que é, benefícios e mais

PECOH

fevereiro 10, 2022

blog sustentavel dicas ecologicas PECOH

Ainda não sabe o que é economia circular?

Esse é um conceito que está em alta, com muitos benefícios para a sociedade como um todo.

Além de entender o que isso significa, é preciso ir além e colocar em prática alguns princípios básicos da economia circular para colher os frutos depois.

Este texto foi criado para ajudar você a perceber que, com pequenas atitudes, pode ajudar a mudar o mundo e construir um futuro mais sustentável e aliado ao desenvolvimento econômico.

Siga acompanhando nossas dicas e informações!

👉A adoção de práticas sustentáveis é muito importante nos dias atuais. No blog da Pecoh, você fica por dentro de todos esses assuntos!

O que é economia circular? 

A economia circular entende que é possível estender a vida útil dos produtos, a partir de uma visão de fabricação e de consumo cíclica.

Em outras palavras, é uma lógica que defende o emprego mais consciente dos recursos naturais, como o uso da matéria até o seu completo esgotamento (quando não pode mais ser transformada, reutilizada ou reciclada), por exemplo.

É o oposto do que propõe a economia linear, que baseia seu crescimento em um processo fechado, composto pelas fases de extração, processamento, transformação, consumo e descarte.

Enquanto o modelo circular investe na reciclagem de materiais que demorariam anos para se decompor, como vidro, alumínio e plástico, a visão linear pensa nesses produtos como recipientes para armazenar suas mercadorias e, cumprido esse papel, podem ser descartados.

É como se a economia circular implementasse novas etapas dentro da lógica linear. 

Depois do “consumo”, viria a “reparação/manutenção”.

Na sequência, a “reutilização”, e só depois, a “reciclagem/tratamento para o descarte”.

Não à toa, economia circular tem tudo a ver com sustentabilidade.

Benefícios da economia circular

Agora que já apresentamos o conceito de economia circular, que tal conferir seis dos principais benefícios que esse modelo pode trazer se colocado em prática?

Menos desperdícios 

Imagine um mundo em que não houvesse desperdício ou que, ao menos, ele fosse o mínimo possível.

Parece um sonho, mas é uma possibilidade que fica perto de se tornar realidade quando colocamos em prática os princípios da economia circular.

Ao otimizar o uso dos recursos, acabamos com as perdas que acontecem ao longo de toda a cadeia produtiva, da extração à reciclagem.

Reutilização de matérias primas 

Uma mesma matéria prima pode ser usada em diferentes processos e deve ser aproveitada até o seu esgotamento para evitar desperdícios financeiros e de material.

Essa talvez seja a grande diferença entre a economia circular e a linear.

Enquanto a última, basicamente, dedica todas as suas forças ao consumo, a circular vai além e pensa como pode reaproveitar determinados materiais.

Caso não haja mais nenhuma forma de transformação, aí sim se pensa na preparação para o descarte.

Redução de custos 

Muita gente acha que a economia circular se preocupa apenas com os aspectos sustentáveis, mas isso não é verdade.

A questão financeira também é muito importante e não deve ser desconsiderada.

É lógico concluir que, quando você diminui os desperdícios e reutiliza as matérias primas, está também reduzindo custos.

Afinal, você está deixando de gastar mais, pois está sendo mais assertivo com os seus investimentos.

Valorização dos recursos naturais 

Os recursos naturais não são inesgotáveis e, por isso, precisam ser usados de forma consciente e não indiscriminada.

Com a economia circular, há esse tipo de cuidado quando se procura desperdiçar menos e reutilizar as matérias primas (como já foi dito), mas também na apresentação de contrapartidas.

Por exemplo, se uma empresa explora em demasia determinada área ou libera muitos gases de efeito estufa, ela precisa compensar de alguma forma, com ações sustentáveis para o benefício daquela região.

Redução dos impactos ambientais 

Você sabia que o metal leva mais de 100 anos para se decompor? 

O alumínio, mais de 200, o plástico, mais de 400, e o vidro, mais de 1000?

Agora, imagine todos esses resíduos sendo descartados corretamente sem prejudicar o meio ambiente.

Isso sem falar no controle mais efetivo da liberação de gases de efeito estufa e do despejo de outros dejetos por parte das empresas em rios e mares.

benefícios da economia circular

Geração de empregos 

Implementar novas etapas dentro do ciclo de vida útil de um produto também faz com que se gere mais empregos.

Afinal, aquele resíduo que antes era descartado sem qualquer tipo de cuidado, agora pode passar pelas mãos de profissionais que darão o destino correto a ele.

Seja na reutilização do produto, na sua transformação ou na própria reciclagem, novas oportunidades aparecem dentro do mercado de trabalho.

Ou seja, a economia circular, além de tudo, é muito mais inclusiva e aberta para diferentes tipos de trabalhadores.

Maiores desafios da economia circular 

Apesar de tantos benefícios, a economia circular ainda está longe de ser uma realidade para as empresas de modo geral.

Segundo levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI), 70% dos empreendimentos nacionais nunca haviam ouvido falar desse conceito até a pesquisa.

Ou seja, o primeiro grande desafio é absorver o significado do termo e também aplicar seus princípios básicos.

Isso não é uma tarefa fácil, pois é preciso reverter uma lógica que se repete há séculos no Brasil e no mundo afora.

A economia linear já se mostra insustentável, mas ainda é uma barreira a ser superada.

Talvez o caminho mais fácil para forçar essa quebra de paradigma seja estabelecer mecanismos de punição às práticas lineares e de premiação às circulares, como forma de incentivo.

Seja na forma de leis ou normas, é preciso ter diretrizes mais claras em termos de gestão empresarial, sustentabilidade e respeito ao meio ambiente.

No Brasil, sobretudo, outro entrave é o aspecto burocrático.

O nosso sistema tributário não favorece em nada o uso mais consciente dos recursos naturais.

A saída está aí.

Ela é viável e mostra que a única maneira de manter o desenvolvimento econômico sem comprometer ainda mais o futuro para as próximas gerações é por meio de práticas mais sustentáveis.

Resta aos governos, empresas e membros da sociedade civil como um todo, começarem a fazer suas partes.

👉A adoção de práticas sustentáveis é muito importante nos dias atuais. No blog da Pecoh, você fica por dentro de todos esses assuntos!

Conclusão

Economia circular tem tudo a ver com sustentabilidade.

Portanto, nada melhor do que reduzir os impactos ambientais, diminuir o desperdício e valorizar os recursos naturais utilizando os produtos ecológicos da PECOH.

Acesse agora mesmo nosso site e conheça a nossa loja!

3 passos

mais dicas ecológicas?

Inscreva-se no newsletter

Para receber 1 email cheio de dicas legais todo mês

Receba o nosso e-book de brinde

Com 75 das nossas melhores dicas junto com o newsletter

Comece a sua jornada

Escolhe uma das dicas e comece a implementar no seu dia a dia. É fácil assim!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe uma resposta

Carrinho de compras
Junta-se à lista de espera Deixe o seu email aqui e te avisaremos quando voltar no estoque.

OBRIGADA!

O seu PDF está te esperando!
Pronta para começar? :)

Natural

O seu guia de

tratamento capilar

Abrir Chat
Precisando de ajuda?
Oi! 👋
Como podemos te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: